Construir presídios

 

Penitenciaristas na Segurança Pública

AP Mario Mercio

Agente Penitenciário Mário Mércio

31  janeiro 2017  –  mario.mercio@gmail.com
Veja todas as colunas do Agente Penit Mário Mércio

Sempre será boa e alvissareira qualquer construção, um presídio ou penitenciária é muito bom, pois dará mais espaço e condições humanas ao cumprimento das penas daqueles que erraram no convívio social.

Mas mais alvissareiro seria se fechássemos presídios por falta de presos e construíssemos escolas mais completas e adaptadas para os jovens estudarem e praticarem uma profissão e esportes.

O mestre Prof. Darcy Ribeiro, um dos fundadores da Universidade de Brasília e seu primeiro reitor em 1962 e depois em 1987 implantador dos CIEPs no Rio, já dizia profeticamente há mais de 30 anos que se não investíssemos em educação, faltaria dinheiro para construir presídios.

O mestre estava certo. E isso deveria ser a tônica política neste país. Em vez de estádios modelares, cidades nababescas como Brasília, estradas faraônicas como Belém-Brasília e Transamazônica, construíssemos escolas á dezenas de anos, hoje, certamente estaríamos fechando presídios.

Faz muitos anos que não investimos seriamente em educação, tanto no RS, como no País e vemos a cada ano, crescer a violência, o desemprego e as favelas.

Logo a principal ferramenta transformadora social para as próximas gerações está em declínio, principalmente agora que aprovamos um congelamento por 20 anos em empreendimentos.

Ninguém neste país pensa mais no futuro. Todos advogam causas próprias e querem viver o presente, como se fôssemos donos do futuro, além de estragarmos o presente e ignorarmos o passado.

Construir presídios é e será sempre uma prova de fracasso de uma sociedade abandonada.

31  janeiro 2017  –  mario.mercio@gmail.com
Veja todas as colunas do Agente Penit Mário Mércio