SALVE-SE QUEM PUDER

SALVE-SE QUEM PUDER

 

A criminalidade é assustadora. Você ainda vai ser roubado ou assaltado! Esteja preparado.

Aja com calma e não tente ser valentão e nem revidar.

Saiba que eles põem suas vidas nisso e estão bem preparados, treinados pelos assaltos anteriores e quando você vê um ou dois, saiba que tem mais um ou dois que você não vê e que estão treinados para ajudar os colegas.

Seja onde for,  eles estão por todos os lugares. São como a sombra, aumentam ou diminuem conforme o seu movimento.

 

O advogado criminalista e prof. Júlio César Cardoso é quem diz: a criminalidade banha de sangue e de morte o cidadão brasileiro.

 

Há quem cobre só dos Estados a responsabilidade da Segurança Pública.

Acho que estão mal informados, salvo melhor juízo, pois o Art.144 da Constituição Federal diz o contrário: “É de responsabilidade da União, Estados/DF e Municípios, compartilharem a segurança.

Trecho de meu  2º livro lançado EM 2014, PENITENCIÁRIA CENTRAL: Como VIVE um criminoso: “O que precisamos entender é que o Direito penal não irá conter a criminalidade”. Mas será que o controle da criminalidade é de interesse político e governamental?

 

A mídia satisfaz os interesses de quem as financia e sabendo que o povo “em tudo crê” a Lei penal, no seu aspecto simbólico, se revela um perfeito instrumento para satisfazer os interesses eleitoreiros e de manutenção do poder.

 

Defendemos que o controle da criminalidade se dê de modo razoável. Se o rótulo da “hediondez” justificasse o caráter repugnante do crime, certamente, sensato seria incluir a exploração sexual de vulnerável no rol da Lei nº. 8.072/90.

 

Além disso, existem os defensores intransigentes desses assassinos e brutais marginais, o tal DIREITOS HUMANOS, onde vislumbram que eles são frutos de uma sociedade injusta e cruel e que devem ser compreendidos, perdoados até.

 

Esses caras são hipócritas e burocráticos dos direitos sociais. Injustiça social é outra coisa, confundem as metáforas e jogam no lixo nossas vidas.

 

Na verdade precisamos de um TRATAMENTO DE CHOQUE na SEGURANÇA e não vislumbro nenhuma possibilidade disso acontecer nos próximos quatro anos. BOM DIA E SALVE-SE QUEM PUDER…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *